O Rei dos Fracassados

Tentou ser político, mas não era bom com falsas promessas.

Futebol era complexo para suas pernas.

Decidiu ser Pastor.  O problema é que ele não tinha fé nem na gravidade.

Como poeta, não suportou a primeira dor de um coração partido.

Percebeu que era bom somente em uma coisa: o fracasso.

Esforçou-se muito para lembrar em toda sua vida no que tinha sido bom.

Na escola foi esquecível, nem para bullying era lembrado pelos valentões.

Péssimo pai, péssimo marido, dois divórcios e também foi um péssimo filho.

O fracasso realmente era seu dom… Mas se de fracasso ele entendia, logo concluiu que saberia muito bem reconhecer outros fracassados.

Começou então a busca de pessoas piores do que ele.

Ele foi conhecendo um a um, os recrutando, ouvindo suas lamentações e repentinamente estava dando conselhos a todos eles sobre o que não fazer, falou com todos que encontrou; se tornou um Messias dos fracassados, realmente seus conselhos ajudaram todos eles a resolverem seus problemas.

Ganhou o título de rei dos fracassados.

Aquele que fracassou em quase tudo, menos em ajudar outros fracassados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s